Distribuidora decide receber carga via aquaviária, garante combustível na PB e enfraquece movimento de caminhoneiros

A Companhia Docas da Paraíba (Docas-PB) participou de reunião nesta terça-feira (12) com a Tecab, para alinhar mudanças na logística do transporte de combustível que a empresa...

A Companhia Docas da Paraíba (Docas-PB) participou de reunião nesta terça-feira (12) com a Tecab, para alinhar mudanças na logística do transporte de combustível que a empresa faz para o Estado e assim garantir o abastecimento das 12 distribuidoras que operam com a empresa e o fim da paralisação dos caminhoneiros.

Segundo a diretora-presidente da Docas-PB, Gilmara Temóteo, o Porto de Cabedelo apoia a decisão da empresa. "O abastecimento de combustível está garantido no Estado, uma vez que alinhamos a solução para que a carga que chegue via rodoviária passe a chegar por via aquaviária e as operações continuem normalmente", salientou.

A Tecab é arrendatária de um dos terminais de combustível do Estado e esteve envolvida no protesto dos caminhoneiros, que protestaram pela pesagem do produto quando chegam para o carregamento, além de melhores condições para estacionar os veículos.

A empresa alega que utiliza a balança há cinco anos e isso é uma exigência dos órgãos fiscalizadores. Com relação ao estacionamento, a Docas-PB promoveu ontem uma reunião com representantes dos caminhoneiros e empresas que operam no Porto, onde foi deliberado que um novo espaço será disponibilizado para os veículos com infraestrutura para os motoristas.

Fonte: Assessoria

Neste artigo

Participe da conversa