• Aeroclube descumpre decisão do COMAER e avião se envolve em acidente na pista

    Atualizado - Aeronáutica liberou o Aeroclube a retirar algumas aeronaves que ficaram na oficina , após conserto para levantar voo , quarta-feira passada. Acontece que...

    Atualizado – Aeronáutica liberou o Aeroclube a retirar algumas aeronaves que ficaram na oficina , após conserto para levantar voo , quarta-feira passada. Acontece que a autorização que era somente para decolar e não aterrisar, foi desrespeitada. Um avião aterrissou e ainda fez um vôo rasante na obra Atacado, Ferreira Costa, que venceu uma disputa para construção de uma unidade da empresa no terreno próximo ao aerodromo.

    Outro fato abafado pelo Aeroclube foi um acidente que aconteceu também na última quarta-feira quando o COMAER deu uma autorização especial e única para que os aviões saíssem do aeroclube.

    Veja o risco de vida que as pessoas correm com este tipo de equipamento velho e sem qualidade em treinamento, voando em cima das pessoas da cidade.

    Depois do acidente, fecharam os portões do aeroclube e ninguém pode mais entrar, até recolher o equipamento para o hangar.

    Abafaram o caso por conta da interdição do Aeroclube que está em vigor.

    Se a Aeronáutica não foi comunicada do acidente, se o aeroclube estava usando o avião de treinamento indevidamente neste dia, a situação do aeroclube se complica muito mais.

    Vídeo enviado ao Blog mostra também um avião dando rasante nas obras do Atacado Ferreira Costa, mesmo com proibição para pousos.

    Será que vamos esperar uma tragédia acontecer para enfim o Aeroclube ser transferido para um lugar adequado?

    “Esse não é o primeiro acidente ocorrido com aeronaves no Aeroclube. Em 2010 uma tombou na cabeceira da pista chegando a invadir a rua , já está na hora do Aeroclube ser transferido para outro local , pois não atende mais as novas regras editadas pela Aeronáutica “ disse Dema Macedo, representante da Associação dos Moradores do Bessa.

    Fonte do Aeroclube rebate:

    Uma fonte ligado ao Aeroclube rebateu informação e garante que existia liberação para pouso e decolagem no dia que a aeronave ao taxiar, as rodas do trem de pouso teve problema. “A aeronave não decolou, estava na área de táxi em direção a cabeceira para pedir autorização e decolar quando o trem de pouso apresentou problema nas rodas”, informou.

     

    Neste artigo

    Participe da conversa

    4 comentários

    1. Junior       Responder

      Por isso que vocês não tem credibilidade. Acham que sabem de tudo e só escrevem bobagens. Nem mereceria comentários, mas eu ri tanto que não resisti em parabenizá-los pelo show de humor.

    2. Francisco Fernandes       Responder

      Rasante!!!!! tem ctz que no vídeo tem essa informação!

    3. Riqui       Responder

      Seu desinformado, sensacionalista o Aeroclube estava aberto 🐴

    4. Luan Florencio       Responder

      Marcos, seu blog tá bem desinformado. A aeronave envolvida no que você chama de acidente, é uma aeronave experimental que nem se quer chegou a iniciar o processo de decolagem. Chamar avião de velho não quer dizer nada, se assim o fosse o sistema da ANAC não permitiria e, por assim dizer, seguiria alguma recomendação da ICAO da qual o Brasil é assinante desde sua criação e não permitiria voo de aeronaves velhas. Mais ainda o grande parâmetro que o brasileiro usa, que é os EUA, permite aeronaves, olha só, da segunda guerra mundial, voar naturalmente como uma aeronave que fora acabada de fabricar. Então meu caro, não gere polêmica sobre falácias.