• Conde realiza I Seminário de Formação para Guarda Municipal sobre a Lei Maria da Penha

    A Prefeitura de Conde, por meio da Coordenadoria de Mulheres em parceria com o Governo do Estado, realizou nesta segunda-feira (12), o I Seminário de...

    A Prefeitura de Conde, por meio da Coordenadoria de Mulheres em parceria com o Governo do Estado, realizou nesta segunda-feira (12), o I Seminário de Formação para Guarda Civil Municipal sobre a Lei 11.340 (Lei Maria da Penha). O evento foi realizado no auditório da Pousada Corais de Carapibus e contou com a participação das Guardas Civis Municipais dos municípios de Conde, João Pessoa, Alhandra, Pitimbu e Pedras de Fogo.

    A Prefeita Márcia Lucena participou da mesa de abertura do seminário junto com o Delegado Geral da Polícia Civil, Dr. João Alves, o comandante da 1ª CIA de Alhandra, Major M. Lima, o Comandante Geral da Guarda Municipal de Conde, Sérgio Carneiro, A Coordenadora de Mulheres de Conde, Jaciara Costa, Joyce Borges, da Secretaria de Estado da Mulher e Diversidade Humana e a Coordenadora das Delegacias de Atendimento à Mulher no Estado da Paraíba, Dra. Maísa Félix.

    “Sabemos que o Conde é a quarta cidade mais violenta com relação a violência contra a mulher. Este é um dado alarmante e o tema precisa ser aprofundado. Precisamos de momentos como este, onde temos várias guardas municipais em busca de conhecimento e ao mesmo tempo intensificarmos ações coletivas envolvendo os diversos segmentos do município em torno da política pública em favor das mulheres”, disse a Prefeita Márcia na abertura do seminário.

    Outro ponto destacado pela prefeita, foi da importância do trabalho sempre realizado em conjunto entre a Guarda Municipal e as Polícias Civil e Militar. “O Conde tem uma guarda bastante atuante em todo o território, essa ampliação profissional dos agentes permite uma interação extremamente positiva na sociedade, colaborando no trabalho em conjunto com as Polícias Civil e Militar”, destacou.

    Em seguida, os agentes participaram do primeiro momento de formação, coma a roda de diálogo sobre a Lei Maria da Penha e a violência contra as mulheres. Participaram deste momento, a Deputada Estadual, Estela Bezerra, a Gerente de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher da SEMDH, Joyce Borges e a Coordenadora das Delegacias de Atendimento à Mulher, Dra. Maísa Félix.

    “Estamos participando de um momento muito importante no combate a violência contra a mulher. Neste seminário, pudemos trazer aos agentes das Guardas Municipais de cinco municípios, os aspectos legais e jurídicos da Lei Maria da Penha, como também analisar casos práticos, oferecendo aos profissionais, maior segurança e respaldo no momento do atendimento a casos de violência contra a mulher”, reforçou a Coordenadora das Delegacias de Atendimento à Mulher, Dra. Maísa Félix.

    A Deputada Estela Bezerra, reforçou a importância do olhar voltado para a problemática. “As mulheres somam mais de 51% da população, é impossível não pensar em políticas públicas sem envolver esse dado. A vulnerabilidade das mulheres ainda é grande, e é necessário um olhar prioritário a esta situação. As guardas municipais necessitam de um preparo físico e psicológico para desempenhar o papel de proteção e prevenção, e este é um desses momentos essenciais para a formação profissional destes agentes”, finalizou.

    A Gerente de Enfrentamento à Violência contra a Mulher da SEMDH, Joyce Borges destacou a importância do momento para os profissionais das guardas civis municipais. “Este momento é de suma importância para todos os agentes que estão participando deste primeiro seminário. A união no combate a violência contra a mulher, uma violência que na maioria dos casos acontece dentro do próprio lar, por causa de uma cultura machista, onde o home acha que tem o poder sobre a mulher, isso precisa ser mudado e é um trabalho árduo, é um momento em que se pede que todos deem as mãos e trabalhem juntos para impedir o aumento dos índices relacionados à violência contra a mulher”, afirmou.

    A Coordenadora de Mulheres do Município de Conde, Jaciara Costa disse que “o objetivo deste I Seminários, é a capacitação dos agentes das guardas civis municipais, quanto aos aspectos da legislação pertinente e padronização dos procedimentos no que diz respeito ao atendimento das ocorrências que envolvam a violência contra a mulher, de modo a afinar a conduta de todos os agentes da segurança ao lidar com estes casos específicos”, disse.

    No segundo momento do seminário, foi realizada a formação técnica, onde foram trabalhados com os agentes as temáticas sobre a violência; os papéis das Polícias e Guardas Civis Municipais; Procedimentos Operacionais Padrão e os Estudos de Caso.

    O Comandante da Guarda Municipal de Conde, Sérgio Carneiro, comemorou o resultado do seminário e o momento de união entre as guardas municipais. “Temos muito a comemorar e muito a trabalhar. Através de formações como esta, os agentes se capacitam e aprimoram seus conhecimentos para que possamos desenvolver um trabalho correto e atuante em todo o município de Conde. Fico muito feliz em estarmos recebendo agentes de outros municípios, isso mostra que estamos realizando um trabalho em conjunto, onde a população será a maior beneficiada”, finalizou.

    Secomd

    Neste artigo

    Participe da conversa