• EXCLUSIVO: Auxiliar de Cartaxo foi ouvido na Operação Cartola e é suspeito de ajudar o Treze a comprar juízes

    EXCLUSIVO: Um auxiliar do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), foi ouvido no âmbito da Operação Cartola, que investiga a compra de resultados no futebol paraibano...

    EXCLUSIVO: Um auxiliar do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), foi ouvido no âmbito da Operação Cartola, que investiga a compra de resultados no futebol paraibano com a anuência de árbitros da Comissão Paraibana de Arbitragem. A informação foi repassada com exclusividade ao Blog do Marcos Wéric por uma fonte e confirmada por uma pessoa próxima a investigação.

     

    Trezeano doente, o auxiliar do prefeito foi ouvido pelo delegado Lucas Sá, que preside o inquérito na Polícia Civil, e é suspeito de ter ajudado o seu time de coração, o Treze Futebol Clube, a pagar os juízes para beneficiar o Galo nos seus jogos.

     

    Depois do depoimento do secretário, uma duvida ainda paira sobre o caso: de onde vinha o dinheiro que o trezeano cartaxista usava para comprar os juízes?

     

    Sem falar na traição, já que o prefeito se declara Botafoguense e agora vai descobrir que um de seus auxiliares ajudava comprar juízes para o rival de Campina Grande.

     

     

    Neste artigo


  • Participe da conversa

    3 comentários

    1. Hugo       Responder

      É cada projeto de Jornalista escrevendo bosta pelo Brasil … Matéria lixo … tendenciosa e totalmente parcial … merecia era um processo …

    2. Deusimar Oliveira       Responder

      Como Trezeano que sou estou surpreso. Se tem arbitragem ajudando o Treze, sou obrigado a admitir que o time é muito ruim. Há cinco anos não ganha um Campeonato merda como o Paraibano, onde estão os juízes que ajudaram? Com certeza entraram comprado pelos dois e o beneficiado foi o que pagou mais. É a lógica.

    3. Joao José da Silva       Responder

      Isso não passa de uma fake news