• Prefeitura de Conde adquire equipamento para a realização de exames de audiometria

    Buscando oferecer uma saúde de qualidade para a população, a Prefeitura de Conde acaba de adquirir uma Cabine Audiométrica, que visa detectar problemas de deficiência...

    Buscando oferecer uma saúde de qualidade para a população, a Prefeitura de Conde acaba de adquirir uma Cabine Audiométrica, que visa detectar problemas de deficiência auditiva. O procedimento será realizado no Centro Especializado em Reabilitação Física e Auditiva Antônio de Sousa Maranhão, proporcionando maior comodidade e agilidade na realização do exame, sem precisar de deslocamento para João Pessoa.

    De acordo com o Chefe do Departamento de Assistência Especializada, José Antônio Dantas, o serviço de audiometria é inédito no município. “Estamos diante de mais um avanço na história da cidade de Conde. O Centro de Reabilitação vai contar com mais uma especialidade e com equipamentos novos e de última geração”, comemorou.

    José Antônio explica que para a realização do teste, é necessário que o paciente seja encaminhado pelo médico da Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência. A partir deste encaminhamento o CERII fará a triagem e o agendamento para que o paciente possa realizar o teste.

    A Prefeita Márcia Lucena comemora mais uma aquisição para o município. “A saúde está a cada dia se reerguendo e oferecendo atendimento de qualidade para a população. Com a aquisição deste novo equipamento, vamos estender as especialidades médicas que o município dispõe para os usuários da política pública da saúde”, destacou.

    Renata Martins, Secretária de Saúde do município, destacou que o “Centro Especializado em Reabilitação Física e Auditiva está em fase de implantação para atender seu público alvo, que são as pessoas com deficiência. A aquisição da cabine audiométrica tem como intuito criar essa reabilitação nova, que é a de reabilitação auditiva para as pessoas com deficiência”, disse. Renata falou também sobre a previsão do início dos atendimentos. “Nossa previsão é de iniciarmos os exames audiométricos no mês de julho”, ressaltou.

    Sobre a audiometria

    A audiometria é um exame para avaliar como está a capacidade auditiva e de detectar sons de uma pessoa. Por meio dela é possível perceber alterações, perda ou redução da audição, além de problemas com o tímpano e infecções.

    O exame é bastante simples, indolor, que não requer preparações específicas anteriores e nem suspensão de medicações. A única indicação é não se expor a ruídos intensos por até 14 horas antes da realização da avaliação, por exemplo, som alto, festas, shows e até mesmo maquinas muito ruidosas.

    Para realizar o procedimento, o paciente entrará em uma cabine com proteção acústica contra sons externos e equipada por um aparelho chamado audiômetro e com uma parede de vidro, na qual poderá ver o profissional que está o examinando. É feito o uso de fones de ouvidos, que estão acoplados a um pequeno microfone.

    O exame correrá no mais absoluto silêncio, tendo apenas intervenções do examinador com o paciente, que deverá responder com gestos, que foram previamente combinados, por exemplo, acenando com a cabeça.

    Em determinado momento, o paciente deverá repetir palavras ditas pelo profissional, para que ele possa avaliar a sua compreensão. A pessoa que está sendo examinada deverá ter participação bem ativa no decorrer do processo.

    Neste artigo

  • Participe da conversa