• Filho de liderança de grupo do PSDB/PV  é preso novamente após assaltar carro-forte

    Um dos presos durante operação da Polícia Militar, na tarde de hoje (06), em Lucena, litoral da Paraíba, suspeito de explosão a carro-forte, é conhecido da imprensa...

    Um dos presos durante operação da Polícia Militar, na tarde de hoje (06), em Lucena, litoral da Paraíba, suspeito de explosão a carro-forte, é conhecido da imprensa paraibana e foi destaque em episódio ocorrido em Campina Grande, em fevereiro deste ano: Romário Gomes Silveira foi acusado de explodir, no começo do ano, um banco no Shopping Partage Campina.

    Romário é filho de conhecida liderança do bairro da Liberdade, dona Nenen, que, inclusive, estava presente na convenção do candidato ao Governo pelo Grupo do PSDB, Lúcelio Cartaxo, domingo passado, em João Pessoa.

    Quando foi preso no dia 07 de fevereiro deste ano, Romário também era servidor comissionado da Prefeitura de Campina Grande, lotado no gabinete do prefeito Romero Rodrigues, e só foi demitido por conta da repercussão negativa diante da descoberta do envolvimento dele com o mundo do crime.

    A mãe de Romário, inclusive, de nome Maria do Rosário Gomes Silveira (NENÉM DA LIBERDADE) é prestadora de serviço na PMCG gestão Romero Rodrigues. Ela ganha R$ 2.000,00 da Secretária de Administração Municipal. Inclusive Maria do Rosário esteve presente na convenção de Lucélio Cartaxo a governador neste domingo (05), onde foi fotografada junto ao candidato.

    Nesta segunda-feira, 06, Romário foi preso com mais cinco suspeitos de participarem da explosão a um carro-forte pela manhã, em trecho da BR-230, no município de Pedras de Fogo. Eles foram localizados pela Polícia Militar durante a fuga, no município de Lucena, no Litoral Norte da Paraíba. VEJA: https://youtu.be/R_gXKX9ZftM

    Conforme a PM, na fuga o pneu do veículo usado pelos bandidos baixou, fazendo com que eles trocassem de carro. Na ação, eles foram localizados através de um chip de rastreamento instalado no veículo da troca.

    DOADOR – Romário Gomes Silveira doou R$ 2.000,00 para a campanha a deputado estadual de Tovar Correia Lima (PSDB), em 2014. As informações são do site Eleições e Política.

    Tovar obteve 30.670 votos na Paraíba em 2014. Na prestação de contas foram arrecadados R$ 248.242,00. O que chama atenção é que, mesmo tenso sido preso em fevereiro, acusado de integrar quadrilha de assaltos a bancos, Romário estava em liberdade.

     

    conexaopb.com.br

    Neste artigo

  • Participe da conversa