• “Conde Fala Inglês” oferece curso de idioma gratuito para alunos da rede municipal de ensino

    Priorizando educação de qualidade para os alunos e alunas do município de Conde, a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes,...

    Priorizando educação de qualidade para os alunos e alunas do município de Conde, a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, implanta no município, o projeto “Conde Fala Inglês”, que vai ofertar inicialmente, 20 vagas para alunos do 8º ano da rede municipal de ensino. A aula inaugural do projeto acontece na próxima quarta-feira (10), às 18h na Secretaria de Educação.

    O Conde Fala Inglês é um projeto que tem como objetivo, estimular a oralidade do idioma para os estudantes da rede municipal, de forma a despertar um maior interesse no aprendizado de um novo idioma, que nos dias atuais, são diferencias para conseguir espaço no mercado de trabalho. As aulas vão acontecer no contraturno, de forma a não prejudicar as aulas regulares e o material está incluso.

    “Estamos iniciando uma nova etapa em Conde. O projeto Conde Fala Inglês vai oferecer aos alunos e alunas a oportunidade de aprofundar seus conhecimentos em um novo idioma. Hoje em dia, é importante o conhecimento de uma língua estrangeira e como vivemos numa cidade onde o turismo é destaque internacional, ter fluência em um outro idioma, é de fundamental importância”, disse a Secretária de Educação, Cida Uchôa.

    A secretaria disse também que para este início do projeto, “foram indicados 05 alunos das escolas Noêmia Alves, Manoel Paulino, João Ribeiro e José Mariz, que vão compor a turma pioneira do projeto, a partir destes resultados, vamos trabalhar novas turmas e avaliar a possibilidade de inserir um outro idioma, além do inglês”, ressaltou.

    Cida ainda destacou que o projeto servirá como estudo para a implantação de um Centro de Línguas no município. “Vamos avaliar com muito cuidado este início do projeto e estudar a possibilidade de o Conde ter um Centro de Línguas, o que vai facilitar o acesso a todos e todas que precisam se deslocar para poder ter a oportunidade de estudar um outro idioma”, afirmou.

    Neste artigo

  • Participe da conversa