• Eleições na OAB-PB: o significado do apoio de Odon a Paulo Maia

    O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Paraíba, Paulo Maia, deu mais um passo importante rumo a reeleição ao pavimentar o apoio de ninguém...

    O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Paraíba, Paulo Maia, deu mais um passo importante rumo a reeleição ao pavimentar o apoio de ninguém mais, ninguém menos, que o ex-presidente da Ordem, Odon Bezerra. Odon que foi o principal cabo eleitoral da oposição na eleição passada, em que Paulo surpreendeu vencendo, quando tudo indicava a vitória de Carlos Frederico, candidato da situação com estrutura incomparável.

     

    O apoio de Odon a Paulo vai muito mais além do que a adesão daquele que foi o principal ator da oposição ao atual presidente da OAB-PB, mesmo sem atuar durante os últimos anos. Odon mergulhou durante o mandato de Paulo, mas mesmo imerso era o único nome que poderia fazer frente a Paulo Maia com maior vigor, se estivesse com apetite para entrar na disputa.

     

    Professores, Paulo e Odon são líderes no mesmo segmento, a jovem advocacia, formada por advogados que acabaram de deixar os bancos das universidades e são maioria no eleitorado. É, na verdade, quem decide a eleição, assim como decidiu em favor de Odon contra a antiga estrutura de Jose Mário Portoe assim como decidiu em favor de Paulo Maia na eleição passada.

     

    Os dois juntos praticamente dominam esse segmento e a oposição terá imensa dificuldade de penetrar na jovem advocacia.

     

    Para completar o time, junto com Odon, quem também anunciou apoio a Paulo Maia, foi o ex-diretor geral da Nova ESA e coordenador do curso de Direito do Unipê, Arthur Souto. Ou seja, fechou o filo, como diz lá em nós.

     

    Ainda ontem, o ex-vice-presidente da OAB-PB, Vital Lopes, também esteve junto com Odon e Arthur, anunciando apoio a Paulo Maia.

     

    É claro que a disputa é salutar e ela vai existir, porque a oposição também se movimenta, embora em silêncio ainda, mas as primeiras peças mexidas por Paulo Maia no tabuleiro, vai deixando a oposição em situação complicada.

    Neste artigo

  • Participe da conversa