• Curtinhas: PF e Gaeco apontam participação do senador Cássio Cunha Lima na Operação Xeque-Mate

    Relatório da Polícia Federal e do Ministério Público da Paraíba através do Gaeco  aponta a existência de mensagens entre Roberto Santiago e o senador Cássio Cunha Lima,...

    Relatório da Polícia Federal e do Ministério Público da Paraíba através do Gaeco  aponta a existência de mensagens entre Roberto Santiago e o senador Cássio Cunha Lima, sobrinho do conselheiro, no sentido de tentar influenciar a decisão sobre o caso da construção do Shopping Pátio Intermares em Cabedelo, que foi embargada por decisão do conselheiro do TCE-PB, Fernando Catão. Traz, ainda, indícios de participação de Bruno Nepomuceno Catão, filho de Fernando Catão, que atuaria na defesa de interesses de Roberto Santiago junto ao TCE-PB, bem como do conselheiro Nominando Diniz no mesmo episódio.

    O desembargador João Benedito registrou, na decisão, que a declinação da competência não está relacionada à existência de indícios de participação do senador Cássio Cunha Lima, pois este não teria se utilizado de suas funções quanto ao caso, mas de influência, decorrente de parentesco com o conselheiro e de amizade com o réu Roberto Santiago.

    Neste artigo

  • Participe da conversa