• TCE-PB vê risco de fraude e suspende pregão da PMJP para abastecimento

    O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) manteve a decisão do conselheiro Nominando Diniz suspendendo pregão da Secretaria de Administração de João Pessoa. O pregão...

    O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) manteve a decisão do conselheiro Nominando Diniz suspendendo pregão da Secretaria de Administração de João Pessoa. O pregão tinha como objetivo contratar uma empresa especializada no abastecimento e gerenciamento informatizado da frota de veículos, e fornecimentos de cartões eletrônicos e combustíveis.

    De acordo com auditoria feita pelo TCE-PB, “o fornecimento de vale combustível impresso aumenta o risco de fraude e a possibilidade de uso indevido”. Além disso, o relatório aponta aspectos que vão de vão de encontro ao interesse público.

    A determinação da 2ª Câmara do Tribunal de Contas da Paraíba, em sessão ordinária nesta terça-feira (4), suspende a licitação no estágio em que se encontra, já que o pregão ainda não foi homologado.

    A empresa autora da denúncia apontou ainda que duas empresas concorrentes da licitação seriam pertencentes ao mesmo grupo empresarial.

    Ficou determinada a citação do secretário de Administração, Roberto Wagner Mariz Queiroga, do pregoeiro Dalpes Silveira de Sousa e da assessora jurídica Luana Toscano de Oliveira para apresentarem justificativa ou defesa no prazo de 15 dias para apresentar os esclarecimentos requisitados.

    CLICKPB

    Neste artigo

  • Participe da conversa