19
Jun
2017

21:00

Após quebra de sigilo, Bruno Farias prevê vereador da base assinando CPI da Lagoa

O líder da oposição na Câmara Municipal de João Pessoa, vereador Bruno Farias (PPS), revelou nesta segunda-feira, 19, em entrevista ao programa Café Com Noticia da TV Master, que após a quebra do sigilo das investigações sobre possível superfaturamento das obras da Lagoa, a oposição deve conseguir assinatura de vereadores da base do prefeito Luciano Cartaxo (PSD), em número suficiente para requerer a instalação da CPI da Lagoa.

 

Bruno foi taxativo ao afirmar que com a quebra do sigilo e a fala do procurador federal Yordan Delgado, do Ministério Público Federal, que estaria comprovado o superfaturamento na obra: “não há dúvidas que teve maracutaia na obra da Lagoa”.

 

O vereador historiou que as irregularidades na obra do Parque Solon de Lucena começaram antes mesmo do início da recuperação, já que para se habilitar na obra, a Compecc, empresa que executou a reforma e é alvo das investigações, usou documentos fraudulentos para concorrer a licitação.

 

Na última sexta-feira, o procurador Yordan Delgado, revelou que o sigilo das investigações estava suspenso por decisão da Justiça Federal. Ele disse ainda, que segundo o que apurou até agora, não há dúvidas sobre o superfaturamento.

Fonte: Marcos Wéric

Compartilhar

Todos do comentários (0)

Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Faça seu comentário



Publicidade

Enquete

A decisão do TSE de livrar Dilma e Temer da cassação foi:

Publicidade