• Caso Empreender: E se fosse um Você Decide?

    Quem aí do outro lado da telinha nasceu no inicio da década de 80 lembra de um programa da rede Globo chamado Você Decide. Para os novinhos...

    Quem aí do outro lado da telinha nasceu no inicio da década de 80 lembra de um programa da rede Globo chamado Você Decide. Para os novinhos e novinhas de plantão, o diferencial do programa, era que o telespectador decidia o final do capitulo através do telefone. O final que recebia mais ligações era exibido.

     

    Pois bem, às vezes, ficção e realidade se confundem. No Brasil isso ficou cada vez mais rotineiro nos últimos anos. Ninguém sabe mais onde termina a ficção e começa a realidade, dado os absurdos que aconteceram nos últimos meses.

     

    Aqui na Paraíba, estamos vivenciando um momento desses, em que a realidade, parece está sendo produzida a partir de um roteiro pré-estabelecido.

     

    Falo do famigerado caso do Empreender Paraíba que virou peça principal de uma Aije que tentar cassar o governador Ricardo Coutinho (PSB).

     

    O roteiro está se desenrolando assim: um relatório contra Empreender é vazado do Tribunal de Contas do Estado, que já foi apelidado de TCL; o jornal Correio traz manchete e vende como escândalo; o relator do TRE marca julgamento da Aije na semana da eleição; no dia do julgamento da Aije, uma juíza manda suspender o programa.

     

    Se isso não for um roteiro, é uma das mais perfeitas sequências de coincidência que já vi.

     

    Agora eu pergunto: e se a cena final desse episódio fosse decidida pelo povo?

     

    Será que as milhares de pessoas beneficiadas pelo programa Empreender Paraíba iriam votar para sua extinção?

    Será que outras tantas milhares de pessoas beneficiadas pelos efeitos causados pela melhoria de vida da pessoa beneficiária do programa, votaria pelo fim dos empréstimos?

     

    Será que o povo da Paraíba iria votar pelo fim de um programa que é reconhecido nacionalmente pela forma como ativa a cadeia produtiva de baixo para cima?

     

    Talvez as respostas para essas perguntas já tenham sido dadas em 2014 com o resultado da eleição e agora em 2018, onde o governador Ricardo Coutinho vai deixar o governo com um índice aprovação acima dos 70% e seu candidato na eleição deste ano, lidera todas as pesquisas. Aliás, seria isso desencadeador do roteiro, ou da sequência de coincidências?

     

    Você decide!

    Neste artigo

  • Participe da conversa