• Paraíba gera 1.239 empregos com carteira assinada em outubro

    O mercado de trabalho formal paraibano gerou saldo positivo pelo quinto mês consecutivo. Em outubro, foram criadas 1.239 vagas com carteira assinada, segundo dados do...

    O mercado de trabalho formal paraibano gerou saldo positivo pelo quinto mês consecutivo. Em outubro, foram criadas 1.239 vagas com carteira assinada, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado nesta quarta-feira (21) pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

    Os setores que mais contribuíram com o saldo do emprego de outubro foram indústria de transformação (777), comércio (394) e serviços (200), enquanto o setor da construção civil teve resultado negativo (-101). Entre os municípios acima de 30 mil habitantes do Estado, os maiores saldos foram em Campina Grande (383 postos), Guarabira (333) e Santa Rita (214).

    No acumulado de janeiro a outubro, a Paraíba soma agora um saldo de 6.834 postos de trabalho. Os setores de serviços (4.565), agropecuária (1.231) e comércio (975) concentram as contratações no ano.

    Cenário Regional – Houve aumento no número de empregos em quatro das cinco regiões do Brasil. No Sul, foram mais 25.999 postos de trabalho. Em seguida aparecem Sudeste, com 15.988 vínculos e Nordeste, com 13.426. Em quarto, a região Norte, com 2.379 empregos. Já o Centro-Oeste, o saldo foi negativo (-59 postos). O Brasil terminou o mês de outubro com saldo positivo de +57.733 postos de trabalho formais, o que representa um acréscimo de +0,15%, em relação ao mês anterior.

    Neste artigo

  • Participe da conversa