• PBGás e SindCampina discutem estratégias para ampliação de rede de gás natural

    A diretoria executiva da PBGás e representantes do SindCampina (Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação de Campina Grande) se reuniram nessa terça-feira (27) para tratar...

    A diretoria executiva da PBGás e representantes do SindCampina (Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação de Campina Grande) se reuniram nessa terça-feira (27) para tratar sobre a expansão da rede de distribuição do gás natural em Campina Grande.  A rede de gás de Campina Grande possui 25 km e atende aos bairros do Catolé, Avenida Liberdade e Distrito industrial.

    Durante o encontro realizado em Campina Grande, ficou pactuado o levantamento conjunto de dados de consumo e análise técnica para ampliação da rede de distribuição. O presidente da entidade, o empresário Divaildo Júnior, destacou a importância da extensão da rede de distribuição de gás natural para a avenida Manoel Tavares, no bairro do Alto Branco, principal corredor gastronômico e de lazer no município.

    De acordo com Divaildo Júnior, os empresários do setor entendem que a rede de fornecimento de gás canalizado proporcionará a redução dos custos, o fornecimento contínuo e a melhoria logística dos empreendimentos. “Alternativas de redução de custos neste momento será muito bem vida para os empresários do setor”, avaliou Divaildo.

    A presidente da PBGás, Tatiana Domiciano, classificou como estratégica a manutenção de um diálogo aberto com representantes de categorias como o setor de alimentos e hospedagens e que a companhia vai realizar estudos sobre o perfil de consumo da área na perspectiva de ampliar a rede de gás natural no município. “Campina Grande, por sua vocação comercial e industrial, é prioridade dentro dos planos de expansão da PBGás”, afirmou Tatiana.

    O diretor Técnico Comercial da PBGás, Paulo Campos, informou que o planejamento da companhia prevê a extensão da rede de abastecimento para novas áreas e que atuará em parceria com o segmento para levantar o potencial de consumo dos bairros do centro e Alto Branco, onde estão localizados restaurantes, bares e hotéis.

    Também participaram da reunião o secretário executivo do SindCampina, Jonas Costa, o diretor administrativo financeiro da PBGás, Giovane Rosa, o gerente regional de Campina Grande, Renato Vilarim, e gerentes das áreas de mercado residencial e comercial e engenharia da PBGás.

    Neste artigo

  • Participe da conversa